terça-feira, 24 de janeiro de 2017

E as pétalas desabrochadas


Ela se deita sobre mim
leve tal brisa
folha de outono plainando
em tarde dourada.

E as pétalas desabrochadas
sobre meu rosto
agora já flor primaveril
ofertando mel
à abelha
da minha língua.

E sob a investida
incansável
da abelha
a leveza se faz peso
grunhidos e tremores.

Saciamos a vontade
-flor generosa-
de mel que é abundante
ela de novo já pluma
e sorri, refeita, brisa morena
na tarde de outono.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...